• Case - Alumar BHP Billiton

    Case Vale

    Projeto de Modelagem e Simulação de Análise de Confiabilidade
    ITM-S (Instalação de Tratamento de Minério a Seco) Pico.

    Armando Rodrigues / Ivan Pena / Marcelos Mattos - Gerência de Desenvolvimento de Processos de Tratamento de Minério.

    Alisson Freitas - Analista de Prontidão Operacional de Projetos de Capital.

"A consultoria nos permitiu tomadas decisórias muito importantes para o futuro empreendimento!"

Sobre a empresa

A Vale é líder mundial no mercado de minério de ferro e pelotas, Segunda maior produtora global de Manganês e Ferro-ligas, além de maior prestadora de serviços de logística do Brasil. presente em 13 estados brasileiros e em quatro continentes (Américas, Europa, África e Ásia), é um dos mais importantes e produtivos grupos empresariais brasileiros. Produz Manganês, Ferro-ligas, Bauxita, Caulim, Alumínio e Alumina.

Sua operação logística inclui uma extensa rede de ferrovias, portos e terminais. A logística de transportes integra importantes regiões, permitindo a expansão da fronteira agrícola brasileira e a produção de mais alimentos.

A empresa é responsável por 15,6% da movimentação de cargas no Brasil e 57,9% da movimentação portuária de granéis sólidos, levando o desenvolvimento para diversas regiões.

Objetivos e escopo

Modelagem e Simulação da Usina de concentração para o projeto da ITM-S (Instalação de Tratamento de Minério a Seco) da Vale para análise de confiabilidade e disponibilidade. Foram avaliados gargalos e restrições da planta, considerando: circuitos, equipamentos principais e reservas, fluxos principais e alternativos, tempos de paradas por equipamento, cenários operacionais representados pelas rotas de processos ou equipamentos .

Modelo

O modelo de simulação considera todas as máquinas que participam do processamento de minério na área de Beneficiamento da Usina.

Os principais dados de entrada do Modelo eram as interrupções das máquinas, tanto das paradas programadas quanto das não programadas.

Foi considerada a interdependência das máquinas na produção do minério.

Buffers de minério foram dispostos ao longo do circuito.


Modelo de Simulação Dinâmico: Área de Beneficiamento de Minério da VALE

Operacionalidade e Resultados

O modelo opera com uma interface em MSExcel, sobre a qual é possível alterar todos os parâmetros relativos à configuração de novos cenários. Através desta interface, podemos determinar novos planos de manutenção e avaliar a troca dos equipamentos por outros com características distintas.

A configuração rápida de novos cenários permite à VALE definir novos planos de manutenção estratégica visando atender: a Utilização Física; a Disponibilidade Física e o Rendimento Operacional desejados.

Os resultados são obtidos de forma ágil, sendo que as análises que antes eram imprecisas e demandavam semanas de trabalho para serem concluídas, com o modelo de simulação desenvolvido passaram a gerar os resultados com alta precisão em questão de poucas horas.


Processo iterativo para operação do modelo:
Entrada de dados; Simulação com o ProModel; Avaliação dos Resultados.