• Case Schuler

    Case Prensas Schuler

    Nova fábrica de rolamentos Schuler

    por Jorge Dols Rodergas Gerente de Produtos de Energia

"A simulação mostrou onde estavam os gargalos, permitindo que a Schuler pudesse implantar as ações necessárias a tempo."

Sobre a empresa

Prensas Schuler

A Prensas Schuler S.A. é uma tradicional empresa no segmento de prensas de grande porte e de prensas 'transfer' para a indústria automobilística. Ela é hoje o maior fabricante de equipamentos para conformação de metais na América do Sul. Este ano (2008) a Schuler começou uma nova frente de produção, criando uma nova linha para a fabricação de rolamentos de grande porte para geradores eólicos.

Objetivos e escopo

Preocupados se a linha de produção projetada conseguiria atender a demanda planejada, a Schuler contratou a Belge para simular esta nova fábrica e, assim, verificar a capacidade produtiva da mesma, podendo antever problemas potenciais em tempo hábil para tomar as ações corretivas necessárias.

Foram construídos modelos para diferentes layouts e futuras expansões da fábrica. O modelo desenvolvido foi parametrizado e dessa forma a Schuler pode simular diferentes cenários alterando os seguintes parâmetros:Interface de dados de entrada no MS Excel

  • Diferentes seqüenciamentos de produção e tamanho de lote;
  • Tamanho dos buffers;
  • Quantidade de máquinas;
  • Tempos de operação;
  • Velocidades das pontes rolantes;
  • Tempos de setup e manutenção dos equipamentos.

 

 

Resultados e Ganhos

A Schuler havia feito um estudo prévio da capacidade da fábrica usando análise estática com planilhas. Nesse estudo, previa-se que a fábrica conseguiria atender a demanda prevista. Porém, com a simulação, pode-se verificar que, devido aos gargalos do processo, a fábrica conseguiria produzir apenas 30% da demanda projetada. A simulação mostrou onde estavam os principais gargalos do processo, permitindo que se pudesse fazer antecipadamente o planejamento das correções necessárias poupando assim muito dinheiro e esforço, ao corrigir os problemas da produção antes deles ocorrerem. Através da simulação desta nova linha pode-se avaliar:

  • A capacidade produtiva dos diferentes layouts;
  • O número de máquinas necessárias;
  • Os gargalos do processo;
  • O tamanho necessário dos buffers.
Linha de montagem da Schuler