Cases

Case Bayer CropScience

Case Bayer CropScience

Projeto de Modelagem e Simulação de Recursos Logísticos – Supply Chain da Bayer

por Fabio de Rezende Meira / Coordenador de Melhorias e Processos – Bayer

"... análises efetuadas mostraram que a expansão inicialmente prevista para o CD não seria necessária...".
"... melhorou a tomada de decisão e trouxe resultados importantes para a estratégia a médio e longo prazo...".
Modelo - Bayer CropScience

Sobre a Empresa

A Bayer CropScience é o subgrupo da Bayer AG responsável pelo negócio agrícola. No Brasil, conta com mais de mil colaboradores, uma instalação industrial em Belford Roxo (RJ) e um Centro de Pesquisa e Inovação no Estado de São Paulo.

Escopo do Projeto

Minimização de gargalos operacionais e maximização do uso das capacidades disponíveis ao menor custo possível. Assim como garantir o número, tipo, localização, tamanho das instalações e alocação ótima de sua malha de distribuição, considerando as perspectivas de crescimento e todos os custos logísticos e despesas fiscais, através de uma visão a partir dos centros de distribuição.

Desenvolvimento

Foram modelados três centros produtivos e oito centros de distribuição espalhados pelo Brasil. Foram analisadas suas demandas de venda, estratégias de distribuição, planos de produção, custos, impostos e outros fatores relevantes. Com base nessas premissas parametrizadas, determina-se o custo de armazenagem e transporte para o atendimento da demanda.

Gráfio Crop - Bayer CropScience

Resultados e Ganhos

Com o modelo é possível estimar os custos de transporte, armazenagem e handling para os anos futuros. Outro resultado importante é a mensuração das posições pallets em cada armazém, indicando assim a necessidade ou não de expansão.